Receba novidades no e-mail

CONTEÚDO VIP

Coloque o seu email aqui para receber gratuitamente as atualizações do blog!
Inteligência versus disciplina: o que conta mais?

Inteligência versus disciplina: o que conta mais?

Na carreira profissional, ou mesmo nas relações humanas/interpessoais, de forma geral, inteligência e disciplina são elementos importantes para alcançar objetivos, sonhos, metas, realizar diversas tarefas, interagir com pessoas, ufa! Bom, o leque é muito amplo e a discussão abre espaço para diversas temáticas e pontos de vista, não?

Se o foco for carreiras, é redundante dizer que a inteligência e o processo cognitivo, de fato, são ingredientes extremamente primordiais para executar quaisquer atividades. Com base na inteligência, é possível inovar, criar, escolher, refletir e buscar as melhores soluções possíveis.

Um profissional inteligente, sagaz e audacioso – sem dúvida – consegue se destacar entre a multidão. E se ele for demasiadamente criativo? Bom, como dizem por aí, “não tem para ninguém, o espaço é dele”. Mas nota-se que a inteligência sozinha, claro, não faz milagres. É importante que ela esteja sincronizada com outros quesitos, os mencionados antes, como sagacidade, audácia, além de outros mais.

O conto de fadas de A.H. Wratislaw (Intelligence and Luck), por exemplo, menciona como a sorte e a inteligência se conheceram e de que forma a inteligência, isoladamente (sem a sorte), pôde se envolver numa situação demasiadamente complicada e fatal. Em um momento específico, o protagonista utiliza sua inteligência para contornar um problema/desafio, mas como ele não contou com a sorte, por pouco, quase teve um final infeliz. Contudo, como ocorre em boa parte dos contos de fadas, a “sorte sorriu” para o herói da história e, no final, bom, tudo deu certo.

Ter disciplina?

Inteligência versus disciplinaAs citações anteriores comprovam que não existe uma característica psicológica que seja muito poderosa sozinha e não necessite de outros traços de personalidade, ao menos em algum momento/situação. A disciplina é, sem dúvida, extremamente essencial nos relacionamentos interpessoais e na vida profissional, como um todo, mas – como prevê a regra – deve estar aliada a outros quesitos.

E ao contrário do que alguns pensam, ter disciplina é algo acessível e que se pode conquistar, pois não se trata de uma característica apenas exclusiva a determinadas pessoas, mas, pode-se dizer, que se refere a um exercício constante. Lembre-se de que o comportamento humano pode ser moldado e lapidado.

A vendedora Luana Silva Teixeira, 27, sempre trabalhou em loja física, mas desde o início do ano, a empresa resolveu testá-la na equipe de vendas que trabalha apenas em casa, na modalidade home office. “No início, eu confesso que pensei que trabalhar em casa seria muito mais fácil e bem tranquilo, mas a realidade é outra. Eu tive de me adaptar, organizar bem os horários, para cumprir as metas”, disse. O caso de Luana exemplifica como a disciplina é extremamente importante para executar trabalhos no regime home office.

Neste cenário específico, é importante que as pessoas saibam que estar em casa não significa “miniférias”, oportunidade para ver filmes na TV ou passeios ao shopping e parques. Trata-se de trabalho. O profissional precisa se organizar com os horários, não se esquecer de se alimentar corretamente. Bom, na prática significa: seguir a cartilha da disciplina.

Vale ressaltar, entretanto, que o tema disciplina é amplo e interfere em vários setores e aspectos da vida. Uma criança bem disciplinada na infância, tende a ser um adulto com objetivos de vida mais definidos, de modo geral.

Inteligência versus disciplina

Foi preciso explicar os meandros de ambas características para se chegar à conclusão de que separá-las (e optar por uma ou outra) não é a melhor alternativa. É óbvio, então, que a junção dos termos é sempre o caminho viável e pertinente. Portanto, o mantra que predomina é este: inteligência mais disciplina. Em meias palavras: nada de subtrai-las, mas apenas priorizar a soma de ambas, que tal?

Sobre Leticia Veloso

Jornalista com passagens pelo Grupo Folha e Grupo RBS. Também é professora de atualidades da Nova Concursos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. *

*

Scroll To Top