Receba novidades no e-mail

CONTEÚDO VIP

Coloque o seu email aqui para receber gratuitamente as atualizações do blog!
O que fazer para se livrar da preocupação excessiva?

O que fazer para se livrar da preocupação excessiva?

Preocupação excessiva é, cada vez mais, um diagnóstico comum entre as pessoas — infelizmente. A super cobrança pelos resultados no trabalho ou na faculdade, aliada ao corre-corre em nossos dias e aos tantos compromissos a serem honrados, muitas vezes nos deixam preocupados. E não há nenhum problema nisso. Agora quando esse sentimento passa dos limites pode ser a hora de você procurar a ajuda. Por isso, resolvi escrever sobre esse tema e, ass

im, esclarecer sobre possíveis causas, as consequências e, principalmente, como se livrar dela.

De onde vem a preocupação excessiva?
Podem haver várias origens, lógico, mas muitos estudos atribuem o desenvolvimento dela em nossa mente a partir de ocorrências passadas mal-sucedidas. A experiência negativa, se não bem digerida (trabalhada internamente por nós), pode resultar até em um trauma. Isso acaba projetando pequenos bloqueios para ações futuras, prejudicando bastante sua vida.

A recorrência dessas experiências ruins pode criar uma espécie de ciclo negativo. E aí vem vários pensamentos que nada agregam, como por exemplo: “o que estão pensando sobre mim?” ou ainda “meu chefe não está gostando do meu trabalho” e assim por diante. Esse sentimento sendo alimentado o tempo todo acaba desenvolvendo inseguranças em nosso estado emocional, trazendo consequências bem ruins ao nosso corpo e à nossa mente.

Como perceber se estou assim?
Em pacientes com esse diagnóstico são comuns as queixas do medo de falhar e uma cobrança enorme em si mesmo (também conhecida como perfeccionismo). A falta de confiança, a auto-estima abalada, o sentimento de culpa sempre presente são causas igualmente frequentes entre os que estão nessa situação. Muitos relatam, inclusive, que parece haver uma espécie de voz, como a que dizer o que fazer ou não, nos mantendo em estado de alerta o tempo todo.

Outro sintoma bem claro é a ansiedade bem acima da média. Aquela que, normalmente, vem acompanhada de efeitos que são claramente sentidos pelos nosso corpo. Por exemplo, quando a expectativa sobre determinado fato dispara reações físicas, tais como aceleração do batimento cardíaco, dores no estômago até a quadros de insônia.

Quais os primeiros passos para superar a preocupação excessiva?
Uma das primeiras medidas, após identificar os sintomas, é estar disposto e disciplinado para o tratamento. Tome nota do que realmente o deixa tão preocupado. Exemplo: é sua situação financeira? Então, é hora de traçar planos e metas que o ajudem a sair desse problema e, uma vez que o plano estiver em ação, tenha a disciplina mental para evitar o sentimento de ansiedade.

Livrar-se da preocupação excessiva não significa deixar de ter toda preocupação. É importante lembrar-se disso! Uma pequena dose dela é sadia, pois o ajuda a ser desafiado e a melhorar seu desempenho e a não permanecer na zona de conforto.

Temos um infográfico exclusivo que trata dos 10 passos importantes (e imediatos) para abandonar de vez a preocupação excessiva. 

DEZ PASSOS PARA LIVRAR-SE DA PREOCUPAÇÃO EXCESSIVA

Gostou?

E você o que tem feito para livrar-se dessa neura? Conte para nós! Esperamos seu comentário! 🙂

3 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. *

*

Scroll To Top