Receba novidades no e-mail

CONTEÚDO VIP

Coloque o seu email aqui para receber gratuitamente as atualizações do blog!
Como construir empatia e melhorar o relacionamento interpessoal?

Como construir empatia e melhorar o relacionamento interpessoal?

Muitas pessoas, realmente, têm grandes dificuldades em manter um bom relacionamento interpessoal – sobretudo – no que se refere ao ambiente de trabalho. Estabelecer uma relação de empatia, então, pode ser um grande desafio para alguns indivíduos. Como lidar com essa questão? Será que é possível se tornar uma pessoa que interaja melhor com os demais em sociedade e trabalho?

Bom, mudanças no comportamento e na forma como reagimos às intervenções e opiniões das outras pessoas são elementos que influenciam no relacionamento interpessoal. Essas posturas podem ser lapidadas, adaptadas e modificadas. As experiências profissionais e o próprio ambiente de trabalho também são decisivos para facilitar, ou dependendo da situação, desfavorecer as relações interpessoais.

A primeira impressão é a que fica?

Essa afirmação não pode ser encarada como verdade absoluta, pois é muito possível que tenhamos – em algum momento de nossas vidas – uma impressão negativa sobre alguém e descobrimos que houve, de fato, um grande mal-entendido. Pois no fim das contas, percebemos que aquela pessoa é completamente diferente do que imaginávamos, não? Podemos nos surpreender positivamente.

Ok, mas não se esqueça, de que em alguns contextos, a primeira impressão – realmente –  pode prevalecer.  Imagine que você começou a trabalhar numa empresa. O chefe e colegas avaliam com frequência o seu comportamento e perfil de trabalho, isso é absolutamente normal. Nas interações com a equipe, você se mostra uma pessoa solícita, atenta e interessada nos assuntos mencionados pelos demais.

A empatia é criada nestes primeiros contatos. Então, as pessoas –  logo – percebem que você é uma pessoa “de fácil convívio” e isso é um ponto positivo para você. Então, concluímos que em relação ao exemplo citado acima, a impressão – realmente – fica, não? E tem mais, ela pode influenciar na sua rotina diária e execução das atividades e interações com a equipe.

Profissional que desperta empatia

Hoje, no ambiente corporativo, as empresas buscam com frequência profissionais com inteligência emocional e que tenham um bom relacionamento interpessoal. Na prática, os gestores “veem com bons olhos” o profissional que desperta empatia e se relaciona bem com o time. Claro que é muito importante também que ele seja competente em suas atribuições.

Com um bom relacionamento interpessoal, esse profissional “engajado” conseguirá se integrar facilmente às atividades e estará mais preparado para lidar com novas demandas e desafios. Manter a empatia e cordialidade também é fundamental para que haja um ambiente profissional saudável.

Relacionamento interpessoal e a liderança

No caso de gestores e líderes de equipe, é extremamente importante investir no relacionamento interpessoal. Os especialistas no tema, inclusive, sugerem que o gestor evite criar ambientes competitivos entre os colaboradores, como destaca reportagem publicada pelo portal “Terra”. As dicas principais são:

  • Promover interações entre a equipe, com estímulo de atividades que contam com o trabalho conjunto
  • Conhecer bem o perfil de cada colaborador e perceber suas potencialidades e limitações
  • Criar mecanismos e incentivar atividades que ajudam a desenvolver a equipe e capacitar ainda mais o time

Além dessas dicas, é muito importante que o gestor priorize a manutenção de um ambiente saudável e que seja favorável ao desenvolvimento das atividades. É essencial também ter “jogo de cintura”, para lidar com situações que envolvem “conflitos” dentro da equipe. Use sempre o bom senso e não “privilegie ninguém”.

O “pensar no coletivo” e priorização das melhores condições e ambiente de trabalho são elementos fundamentais, para que as atividades no departamento sejam bem-sucedidas. Nunca se esqueça também que manter os colaboradores motivados é a chave do sucesso. Mais do que nunca, investir nas relações humanas é primordial para sobreviver a esse mercado de trabalho extremamente desafiante. Então, bom trabalho e bons resultados em sua trajetória profissional!

Um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. *

*

Scroll To Top