Receba novidades no e-mail

CONTEÚDO VIP

Coloque o seu email aqui para receber gratuitamente as atualizações do blog!
Cinco técnicas de memorização que irão revolucionar a sua vida

Cinco técnicas de memorização que irão revolucionar a sua vida

Potencializar a capacidade de memorização, pode parecer algo complexo, mas saiba que existem exercícios e técnicas que ajudam a melhorar a memória, isso não é ótimo? É muito comum ouvir que a memorização é um excelente exercício para o cérebro e, de certa forma, influencia outros aspectos da vida e está diretamente ligada ao processo de aprendizado. Ter boa memória é um requisito importante e ferramenta essencial para obter sucesso profissional e lidar com uma série de questões em todos os âmbitos que envolvem a existência humana.

Segundo matéria do site “Everyday Health”, não apenas os músculos do corpo se tornam enfraquecidos com o tempo, mas o cérebro pode “atrofiar”, o que significa, entre algumas consequências, reduzir a capacidade de raciocínio. Ainda de acordo com a publicação, os cientistas recomendam que para manter o cérebro em ótima forma, é essencial ter hábitos saudáveis e realizar exercícios mentais. Então, aproveite e confira abaixo cinco técnicas de memorização que modificarão a sua vida e seu modo de interagir com o mundo e com as pessoas. Faça bom proveito dos exercícios e seja muito feliz!

1 –  Uma “listinha básica”

O exercício é bem simples, basta criar uma lista com coisas que precisa fazer (compras, ligações, pagamentos, etc.), segundo reportagem do “Everyday Health”. Bom, neste caso, leia o conteúdo e tente memorizar as anotações ao longo do dia. Nas primeiras tentativas, é normal não se lembrar de boa parte dos itens, mas não se preocupe, apenas observe quantos temas pôde memorizar e exercite a mente até conseguir recordar sobre todos os tópicos. Bom, inicialmente, procure não criar listas muito extensas, aumente quantidade – gradativamente – dia após dia. Com o tempo, vai notar que a sua capacidade de memorizar  cresceu sensivelmente.

2 – Pratique atividade física

Exercícios físicos podem deixar o corpo mais bonito, mas também são mecanismos importantes para manter a saúde do organismo e do cérebro. Estudo científico divulgado pela “Scientific American” – publicado em 2013 – afirma que quando a pessoa pratica exercícios físicos, a pressão arterial e fluxo de sangue aumentam, o cérebro é oxigenado e ganha melhor desempenho. Claro que isso influencia muito na capacidade de memorização da pessoa, pois o hipocampo é ativado e o campo da memória é potencializado.

3 – Bom sono

Além de praticar atividade físicas, como mencionado antes, é muito importante ter qualidade no sono. Algumas técnicas ajudam a dormir melhor. Siga rituais, como evitar assistir televisão, pois o ideal é relaxar, neste caso, você pode substituir a TV por um livro, em poucos minutos, o sono surgirá naturalmente.

Outra dica preciosa é tomar um banho antes de se deitar. Quanto mais relaxado estiver, ter um sono de qualidade será, de fato, uma consequência natural. Também evite ingerir alimentos pesados poucas horas antes de dormir, o ideal é optar por um cardápio leve e saudável. Uma alimentação equilibrada também é uma aliada importante para o cérebro e a memória.

4 – Repetição

A técnica de repetição é bastante indicada para as pessoas que estão estudando para concursos públicos e outros tipos de seleção. Para Renato Alves, um dos principais especialistas em memorização, em entrevista à “Exame”, é importante decorar temas (conceitos ou fórmulas), e resgatá-los na memória a cada cinco horas, por alguns dias diretos. Contudo, Alves alerta que não basta apenas decorar, é preciso entender e compreender o tema. Para ele, “decorar” sem ter o entendimento do assunto facilita o esquecimento.

5 –  Aprender algo

Aprender também outras habilidades (complexas ou não) é uma técnica ótima para melhorar a memória, como menciona artigo do site “Help Guide”.  Por exemplo, você pode se arriscar em aprender a tocar algum instrumento musical. O mais importante é que a atividade propicie satisfação e seja desafiante. O artigo do site estrangeiro ainda menciona que é essencial “sair da zona de conforto”, o que favorece o potencial de memorização e mantém o cérebro em plena atividade e vigor, que tal?

Sobre Leticia Veloso

Jornalista com passagens pelo Grupo Folha e Grupo RBS. Também é professora de atualidades da Nova Concursos.

Um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. *

*

Scroll To Top